Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Vinny comenta retorno à música com banda LS Jack

Vinny LS Jack

Foto: Reprodução

Sucesso nos anos 90, Vinny está de volta! O cantor que ficou conhecido pela música “Mexe a Cadeira” anunciou retorno ao cenário musical, numa parceria com a banda de pop rock LS Jack.

LEIA MAIS: KARIN HILS REVELA QUE PRECISOU SOLICITAR O AUXÍLIO EMERGENCIAL

Recebi um convite do meu empresário de reviver os sucessos dos anos 90 e 2000 com o Baile do Vinny e resolvi fazer. Estava tudo pronto quando aconteceu o meu encontro com o Vitor (Queiroz, baixista do LS Jack). Tenho uma relação muito antiga com o pessoal do LS Jack“, contou Vinny. Sucesso nos anos 90 e 2000, a banda parou de se apresentar em 2005, depois que o vocalista Marcus Menna sofreu uma parada cardiorrespiratória durante período de recuperação de uma lipoaspiração.

Estava jantando com o Vitor e ele me disse que a banda queria voltar e que ia começar a fazer teste para vocalistas. E eu falei que não existia uma pessoa melhor para isso do que eu, até por conta da nossa amizade e história. Ele ficou pensando nisso e me ligou às quatro da manhã contando que tinha sonhado comigo como vocalista e me chamou para a banda“, completou.

Desde fevereiro, a banda vive sua nova fase, com Vinny nos vocais. O grupo já tem duas novas canções lançadas: “Esquece a Solidão e Sai” e “No que Depender de Mim”. Além do cantor, Vitor, Bicudo e Serginho completam o novo LS Jack. Juntos, pensam em marcar alguns shows de retorno quando a pandemia acabar.

Carreira na Psicanálise

Em entrevista para a Quem, Vinny relembrou os anos de sucesso, contando que passou esse tempo todo do que faturou com suas músicas, mas que aproveitou o hiato para estudar. “Quando aconteceu o declínio natural da carreira e a escassez de shows, a vida foi me dando direção para eu me voltar para os estudos. Fiz Filosofia, emendei com Ciências Sociais na Argentina e agora estou terminando Psicanálise“, disse.

Agora surgiu essa vontade de voltar para os palcos. Meu plano é exercer a psicanálise dois dias na semana e os demais focar na música, fazer shows e etc. Espero que dê tempo de fazer tudo isso“, completou.

Aos 53 anos, o cantor celebra a nova chance na música, mas reflete sobre os altos e baixos da fama. “A carreira artística é mais parecida com uma montanha-russa. Tive a sorte de tudo ter acontecido de forma tardia para mim e não enquanto eu era um jovem imaturo. Eu estava super preparado para os momentos baixos“, afirmou.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!