Connect with us

Hi, what are you looking for?

Sem Categoria

Veto de repórter torcedor de time rival causa polêmica no Rio Grande do Sul

Veto
Foto: Divulgação

Ex-repórter do Esporte Interativo e atual integrante da Rádio Gre-Nal, o jornalista Cesar Fabris esteve no centro de uma grande polêmica neste sábado. Ele havia sido escalado por sua emissora para participar das coletivas virtuais após a partida do Internacional, mas acabou vetado pela assessoria do clube.

Isso porque ele, durante o ano de 2019, se identificou como torcedor gremista. E, de fato, costuma fazer brincadeiras, piadas e espalhar memes contra o Inter nas redes sociais. Ao seu colega de emissora Carlos Lacerda, que também é colorado, as trocas de “flautas” são constantes envolvendo os dois times.

Por conta disso, a assessoria de imprensa do Inter vetou a sua participação nas coletivas virtuais do técnico Eduardo Coudet e do vice-presidente de futebol Alessandro Barcellos. Ambos falaram de forma remota com jornalistas após o empate em 1×1 contra o Esportivo, de Bento Gonçalves, pela penúltima rodada da fase de grupos do returno do Gauchão.

O veto a Fabris sensibilizou vários repórteres e demais jornalistas, que entenderam como “censura” a postura da direção colorada. A Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos – ACEG -, que coordena o trabalho dos jornalistas no Rio Grande do Sul, soltou uma nota oficial lamentando a atitude do Internacional.

Leia a íntegra do comunicado logo abaixo:

“A ACEG se solidariza com o repórter da Rádio Gre-Nal, César Fabris, que teve sua participação negada na coletiva do técnico doInternacional, Eduardo Coudet, após a partida com o Esportivo, em Bento Gonçalves. O pedido de veto partiu da assessoria do clube. O motivo seria porque Fabris é declaradamente gremista. Precisamos lembrar, neste momento, que vivemos em um estado democrático. Repórteres colorados e gremistas participam de coletivas e coberturas dos dois clubes, sempre com respeito mútuo e profissionalismo, como deve ser. Lamentamos o cerceamento ao profissional e também a postura de sua emissora, em concordar com o veto por parte da assessoria do clube. A ACEG não vai se furtar de lutar pelo direito de seus associados”, diz o texto.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!