Connect with us

Hi, what are you looking for?

Televisão

Record estuda protocolos para retomar gravações de novelas

Amor Sem Igual Record

“Amor Sem Igual” teve gravações paralisadas em março. (Foto: Reprodução)

Seguindo exemplo da Globo, a Record começa a estudar maneiras de como voltar com as gravações de suas novelas, driblando a contaminação do coronavírus. As informações são do colunista Flávio Ricco, do jornal O Dia.

LEIA MAIS: POR DINHEIRO, TVS CATÓLICAS OFERECEM APOIO AO GOVERNO BOLSONARO

A emissora, junto com a parceira Casablanca, estão desenhando alguns protocolos que serão adotados daqui pra frente. Assim como a concorrente, o estúdio foi fechado no início da quarentena para preservar funcionários e atores. As gravações de “Gênesis” e “Amor Sem Igual”, então, foram interrompidas em março.

O segundo passo, após definir as ações que serão tomadas, é reunir as equipes para determinar um plano de ação – que deve incluir, entre outras regras, corte às cenas de beijo. Caso tudo dê certo, a previsão é que os atores retornem ao estúdio em entre julho e agosto.

Para “Amor Sem Igual”, os capítulos inéditos foram interrompidos, no entanto a novela bíblica “Gênesis” não havia estreado ainda. A Record optou por prolongar o contrato do seu elenco, a fim de mantê-los para quando fosse possível retomar as gravações.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Notícias da TV

O reality de casais que a gente tanto ama está de volta, desta vez com apresentação de Adriane Galisteu. A nova temporada do Power...

Televisão

O Campeonato Carioca está amargando uma grande queda em suas receitas em 2021. Não bastassem as dificuldades impostas pela pandemia, o torneio está rendendo...

Notícias da TV

Rodrigo Faro estava prestes a ser visto novamente nos corredores dos Estúdios Globo, treze anos depois de deixar a emissora, rumo à Record onde...

Televisão

A Record decidiu manter as gravações da novela “Gênesis” normais, mesmo com a alta de mortes pela Covid-19 no Brasil. O que se sabe...