Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Nelson Sargento morre aos 96 anos, vítima de covid-19

Nelson Sargento
Nelson Sargento. (Foto: Reprodução)

Morreu na manhã desta quinta-feira(27), vítima da Covid-19, o sambista Nelson Sargento, aos 96 anos. O músico estava internado no INCA(Instituto Nacional do Câncer) e teve piora nas últimas horas.

+Angélica assina contrato milionário com a TV Globo

Sargento foi diagnosticado com o novo coronavírus na última sexta-feira (21), quando foi internado. No dia 26 de fevereiro, o compositor da Mangueira recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em casa. Além da idade avançada, Nelson sofreu com um câncer de próstata anos atrás.

Ontem(26), o boletim médico informava a piora do sambista. “O Instituto Nacional de Câncer (INCA) informa que o paciente Nelson Matos, 96 anos, está em estado grave e inspira cuidados na Unidade de Terapia Intensiva. O paciente foi transferido para a UTI no último sábado (22), apresentando piora do padrão ventilatório e hipertensão, assim respirando com auxílio de máscara de oxigênio”, informou o INCA. Mais tarde, logo depois do boletim, a equipe médica pediu autorização a família para a intubação do músico.

Grande representante do samba, Nelson Sargento foi cantor, compositor, pesquisador, artista plástico, ator e escritor. Em seu último aniversário, quando completou 96 anos, Sargento recebeu homenagens de grandes nomes da cultura popular em um vídeo com votos de felicidade. Mar’tnália, Alcione, Paulinho da Viola, Preta Gil, Tia Surica, Monarco, Regina Casé e Estevão Ciavatta cantaram, cada um em sua casa, o samba ‘Agoniza mas não morre’.

Nelson Sargento: confira a nota do Inca na íntegra emitida na última quarta(26)

“O Instituto Nacional de Câncer (INCA) informa que o paciente Nelson Matos, 96 anos, está em estado grave e inspira cuidados na Unidade de Terapia Intensiva. O paciente foi transferido para a UTI no último sábado (22), apresentando piora do padrão ventilatório e hipertensão, assim respirando com auxílio de máscara de oxigênio.

O Instituto ainda esclarece que o paciente foi internado no último dia 20, com quadro de desidratação, anorexia e significativa queda do estado geral. Ao chegar na unidade, foi realizado o teste de covid-19, que apontou positivo. O paciente é matriculado no INCA, desde 2005, quando foi diagnosticado com câncer de próstata, já tratado.”

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!