Connect with us

Hi, what are you looking for?

Televisão

Folha, TV Globo, Estadão e outros não vão mais cobrir Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada

Imprensa, Folha
Imagem: GABRIELA BILó/ Estadão Conteúdo / Agência O Globo
Imprensa, Folha

Imagem: GABRIELA BILó/ Estadão Conteúdo / Agência O Globo

Os principais veículos de comunicação do país, como Folha, TV Globo, Estadão e outros, anunciaram na noite desta segunda-feira (25) que deixarão de cobrir as falas do Presidente Jair Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada.

A decisão ocorre depois de mais um episódio de hostilidade e violência contra membros da imprensa. Contudo, nesta segunda (25), o caso evolui além da tradicional truculência verbal por parte dos apoiadores do presidente (veja vídeo abaixo).

De acordo com relato da Folha, o Gabinete de Segurança Institucional, instalara duas grades de proteção para que os jornalistas pudessem trabalhar com segurança. O problema é que nos últimos dias, segundo o jornal, esse reforço foi removido. Deixando assim, apenas uma grade de proteção e uma fita.

Tais barreiras, no entanto, foram ignoradas pelo grupo, que avançou contra imprensa, por pouco não resultando em agressão física. Como resultado, não estarão mais presentes na portal do Alvorada para cobrir as falas de Bolsonaro: Folha de S. Paulo, TV Globo, Estadão, GloboNews, O Globo, G1 e Valor Econômico.

De acordo com fontes ouvidas pelo João Biott, também devem acompanhar a decisão: a CNN Brasil, o Metrópoles, a Band e o Correio Braziliense. Espera-se que apenas a RecordTV e o SBT continuem comparecendo ao local.

O vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet, comunicou a decisão em forma de carta ao Ministro General Augusto Heleno, responsável pelo GSI.

Confira:

Ao cumprimentar V.Exa., trazemos ao conhecimento desse Gabinete uma questão que envolve a segurança da cobertura jornalística no Palácio da Alvorada. É público que o Senhor Presidente da República na saída, e muitas vezes no retorno ao Palácio, desce do carro e dá entrevistas bem como cumprimenta simpatizantes. Este fato fez vários meios de comunicação deslocarem para lá equipes de reportagem no intuito de fazer a cobertura.

Entretanto são muitos os insultos e os apupos que os nossos profissionais vêm sofrendo dia a dia por parte dos militantes que ali se encontram, sem qualquer segurança para o trabalho jornalístico.

Estas agressões vêm crescendo.

Assim informamos por meio desta que a partir de hoje nossos repórteres, que têm como incumbência cobrir o Palácio da Alvorada, não mais comparecerão àquele local na parte externa destinada à imprensa.

Com a responsabilidade que temos com nossos colaboradores, e não havendo segurança para o trabalho, tivemos que tomar essa decisão.

Respeitosamente,

Paulo Tonet Camargo

Vice-Presidente de Relações Institucionais

Grupo Globo

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Famosos

Fora da TV Globo após 25 anos de parceria, Camila Pitanga está de casa nova! A atriz assinou um contrato com a HBO Max,...

Televisão

A saída antecipada de Faustão da TV Globo ficará marcada para sempre na história da Televisão Brasileira. O apresentador segue para a Band, a...

Aconteceu na TV

Uma gafe de Daniela Lima durante o CNN 360º da última quarta-feira(14) virou um dos principais assuntos das redes sociais. Durante a atração ao...

Televisão

Como antecipamos com exclusividade, Celso Portiolli se prepara para assumir o comando do novo Show do Milhão, uma das grandes apostas do SBT para...