Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Diego Hypolito abre o jogo sobre homossexualidade

“Nunca mais vou deixar de viver o que eu sou. Eu sou gay”, declarou o atleta Diego Hypolito (Foto: Reprodução Instagram)

O ginasta Diego Hypolito assumiu ser gay em entrevista exclusiva para o portal UOL Esporte. Nesta quarta-feira (8), o atleta contou pela primeira vez sobre as dificuldades de se assumir para família e amigos. Diego se descobriu gay aos 19 anos, mas disse que não se sentia a vontade para assumir. Hoje, aos 32, ele assumiu publicamente.

“Não escolhi ser gay, porque ser gay não é uma escolha. É simplesmente o que eu sou, e isso não vai mudar os valores que eu tenho e que construí junto da minha família”, declarou Hypolito.

Diego contou que não se assumiu antes porque tinha o sonho de conseguir uma medalha olímpica e que faria de tudo para chegar lá, até esconder quem ele realmente era. “Eu tinha certeza que se um dia eu saísse do armário publicamente, perderia patrocínios e minha carreira seria prejudicada”, relatou.

 

https://www.instagram.com/p/BxNihzPFXZO/

 

O atleta também contou que viveu a solidão de não ter com quem compartilhar os dilemas de ser uma pessoa gay em uma sociedade preconceituosa “Por mais que todo mundo tenha a impressão de que tem muito gay na ginástica, não tem. Todo mundo me zoava, zombava do meu jeito”, relatou.

Além dos problemas com a sexualidade, o atleta declarou que teve graves problemas de autoestima durante a sua vida: “Tive mais problemas com relação à estética do que à sexualidade. As pessoas diziam tanto que eu era feio que eu passei a acreditar. O pessoal da ginástica começou a me chamar de Frankenstein, e realmente passei a achar que eu era um monstro”.

 

Diego Hypolito é um dos maiores atletas do Brasil (Foto: Reprodução Instagram)

O atleta conta que, agora, se assumindo publicamente, pode fazer com que muitos garotos que estão sofrendo por isso deixem de sofrer: “Muitos não se aceitam como são ou não são aceitos pela família e têm pensamentos suicidas por não conseguirem corresponder às expectativas dos outros”, declarou Diego, que ainda disse que “foram muitos anos de terapia, além da proximidade com outras pessoas gays, para que eu chegasse nesse ponto de ter a coragem de falar abertamente sobre a minha sexualidade”.

“Quero que as pessoas saibam que eu sou gay e que eu não tenho vergonha disso. E não é porque eu sou que outras pessoas vão querer ser. Isso não tem nada a ver. Já vivi muitos anos pensando no julgamento que os outros fariam sobre mim. Hoje só aceito ser julgado por Deus”, declarou o ginasta.

Depois da repercussão da notícia, Hypolito agradeceu pelo carinho do público. Confira:

https://www.instagram.com/p/BxOGWtElYlH/

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!