Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cinema

Coluna Caio Augusto: Crítica | O Fascínio

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O Fascínio é um novo filme de terror da Netflix que se passa no sul da Itália. Superstições, maldições e várias poções caseiras parecem ser um negócio cotidiano nesta área. Não parece bobo ou estranho, mas é bem assustador na maior parte do tempo.

O filme é uma produção italiana (intitulado Il legame) e a língua falada também é italiana. Eu sei que alguns podem escolher assistir uma versão dublada, mas eu recomendo muito ficar com o idioma original. Essa é sempre a melhor maneira de assistir um filme.

Embora haja muita coisa boa em O Fascínio, a história evolui muito lentamente para o meu gosto. Ou melhor, a maneira como ele evolui muitas vezes parece um pouco fora de alguma forma. Na verdade, eu não sou fã do enredo em geral, o que é uma pena, já que a atuação neste filme é muito boa. Tanto do ator infantil quanto dos adultos.

Este filme de terror da Netflix é estrelado por Mía Maestro – que você pode reconhecer de Alias ou talvez a série The Strain – e Riccardo Scamarcio. Recentemente vimos o filme Welcome Home em que ele estava. O filme não foi bom, mas ele teve uma boa performance.

Em O Fascínio, a maioria dos elementos da trama são sobre as personagens femininas. Desde a jovem, que é filha do personagem de Mía Maestro – às sábias mulheres mais velhas tentando trabalhar com magia da natureza. No geral, estamos lidando com superstições e maldições, mas antes do filme acabar, você irá acreditar em tudo.

O Fascínio é o longa-metragem de estreia do diretor Domenico Emanuele de Feudis. Ele também inventou a história para este filme e co-escreveu o roteiro com Daniele Cosci e Davide Orsini. Devo admitir que não tive as maiores expectativas para O Fascínio quando descobri que foi co-escrito por Daniele Cosci, que escreveu o roteiro junto com o diretor. A razão é que o roteiro de Atalho também veio deste escritor e eu realmente não gostei do roteiro naquele filme.

No entanto, eu definitivamente tenho que admitir que O Fascínio é muito melhor do que Atalho para mim. A história ainda é muito fraca e lenta para o meu gosto, mas a qualidade de atuação e produção é muito impressionante. Há algumas fotos lindas neste filme e excelente timing de elementos de terror. Mais do que tudo, porém, você deve assistir este filme na Netflix para Mía Maestro. Não a vemos o suficiente e ela sempre faz performances sólidas. Este filme é mais um exemplo disso. Especialmente porque a personagem dela está claramente lá para nos relacionarmos com o público. E eu, por exemplo, rapidamente me relacionei com ela e amei que ela fez muitas boas escolhas ao longo do caminho.

https://www.youtube.com/watch?v=RTYKvd4Qe2c

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Famosos

Estrela de primeira grandeza! Esse é peso de Camila Queiroz no cenário da teledramaturgia brasileira. A atriz, que foi lançada no mercado em Verdades...

Exclusivo

Nada de A Fazenda! Caio Castro, que por anos foi um dos principais galãs da TV Globo, já tem oficializada a sua nova casa...

Cinema

Uma mistura hilária de humor e assassinatos com muitas mortes sangrentas O diretor de A Morte Te Dá Parabéns, Christopher Landon, está de volta...

Cinema

Luzes piscando, multidões e um movimento vertiginoso da câmera A Festa de Formatura começa com impressões raivosas de uma estreia musical na Broadway. Duas...