Connect with us

Hi, what are you looking for?

Internacional

Cirque du Soleil entra com pedido de falência sob efeitos da pandemia do novo Coronavírus

Cirque du Soleil
Imagem: Divulgação
Cirque du Soleil

Imagem: Divulgação

Cirque du Soleil Entertainment Group entrou com pedido de falência na última segunda-feira (29) como consequência dos cancelamentos provocados pela pandemia do novo Coronavírus. As informações são da Reuters.

A empresa, que contava com seis shows diferentes só em Las Vegas, vem enfrentando dificuldades desde quando o isolamento social começou em março. Em torno de 95% dos funcionários da empresa já foram dispensados ao mesmo tempo que as apresentações continuam suspensas.

“Com zero de lucro desde quando a COVID-19 forçou o cancelamento dos nossos shows, a administração teve que agir de forma decisiva de proteger o futuro da empresa,” disse o presidente da empresa, Daniel Lamarre, em nota à imprensa.

Ao resgate

A empresa assinou alguns acordos com seus atuais investidores. Tais como o fundo de capital privado, TPG Capital, a chinesa Fosun International Ltd e o Caisse de depot et placement du Québec (ou apenas CDPQ), fundo de pensão canadense.

O acordo prevê que os investidores vão assumir os circos do grupo de entretenimento, assim como fazer um investimento de 300 milhões de dólares para um ‘recomeço’. A Investissement Québec por sua vez vai oferecer um empréstimo de 200 milhões de dólares.

Contudo, de acordo com a Reuters, os credores do Cirque du Soleil Entertainment Group não devem concordar com o acordo. Isso porque eles devem ficar com algo em torno de 45% da empresa após sua reestruturação.

O pedido de falência feito sob a CAA (Companies’ Creditors Arrangement Act) será analisado em audiência nesta terça-feira (30) pela Corte Superior de Quebec. A empresa também vão pedir reconhecimento de falência nos Estados Unidos.

Funcionários dos shows de Las Vegas e Orlando, que devem voltar à ativa antes das outras atrações, não serão impactados pelas demissões.

A TPG, Fuson e o fundo de pensão canadense, que juntos têm participação majoritária da companhia desde 2015, também ficarão responsáveis pela criação de um fundo de 15 milhões de dólares que visa amparar funcionários demitidos do Cirque du Soleil.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Famosos

Com o aumento dos casos do COVID-19 no Brasil, alguns famosos estão entrando na onda e se contaminando com o novo coronavírus. É o...

Famosos

Chris Flores ficará alguns dias longe do “Triturando”. Isso porque a apresentadora do vespertino do SBT testou positivo para o COVID-19, e precisará fazer...

Famosos

Sabrina Sato e o marido Duda Nagle testaram positivo para o COVID-19. O casal afirmou que, apesar dos cuidados que têm tomado nos últimos...

Famosos

Felipe Titto comunicou através dos seus stories nesse domingo que testou positivo para o COVID-19. O ator estava no ar atualmente competindo no quadro...