Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Casagrande rasga o verbo contra Bolsonaro na pandemia: “Retrocesso”

Casagrande
(Foto: Reprodução)

O comentarista do grupo Globo Walter Casagrande rasgou o verbo contra o presidente da República Jair Bolsonaro no “Globo Esporte” desta sexta-feira (26). Ele detonou a atuação do mandatário na pandemia, que tem se agravado no Brasil.

+Gloria Maria diz quando deve se aposentar

“Eu queria destacar o que a seleção norueguesa fez ao entrar em campo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Vestiram a camisa com uma mensagem lembrando a importância dos direitos humanos, levantando a questão sobre os trabalhadores que estão se dedicando para construir estádios e deixar tudo pronto para os atletas e celebridades. O mundo precisa de mensagens assim. Eu não vejo nada disso no Brasil. Estamos vivendo um momento caótico por conta do Jair Bolsonaro”, comentou Casagrande.

“O futebol é uma arma fortíssima para se passar mensagens. É muito bonito o que os clubes argentinos fizeram essa semana, lembrando dos 45 anos do golpe militar. Mas aqui no Brasil, como um país vai produzir memória desse tipo, se o presidente da república nega que teve golpe militar no Brasil? Ele nega as mortes e as torturas. E ainda disse que essa pandemia não passava de uma gripezinha”, questionou o comentarista.

Por fim, disse que o Brasil está no caminho para o caos. “Como um país desse vai ter memória? Pela postura do Jair Bolsonaro, Rogério Caboclo e Reinaldo Carneiro Bastos, eu não acredito que todos os jogadores brasileiros são alienados. Acredito que muitos sejam politizados e muitos sofrem com tudo isso que está acontecendo. Só que pela postura ditatorial, autoritária e de intimidação desses dirigentes, os atletas pensam duas vezes antes de se manifestar. É difícil para gente ver um país vizinho totalmente consciente da história e do terror que aconteceu, enquanto a gente aqui pensando em carnaval e continuar jogando futebol. O Brasil está em uma estrada para trás. Estamos em um retrocesso total”, encerrou Casagrande.

Além de Casagrande, Datena também critica Bolsonaro

Datena voltou a ser um dos assuntos mais comentados das redes sociais durante a edição do Brasil Urgente da última quarta-feira(24), onde detonou o novo ministro da saúde Marcelo Queiroga e o Presidente Jair Bolsonaro.

“Já tem a quarta onda nos Estados Unidos. Imagino aqui, que nós fizemos tudo errado, já morreram mais de 300 mil pessoas. Quantas vão morrer mais? Agora vai morrer menos porque esse ministro da Saúde mudou o jeito de aferir. Ontem morreram 1251 pessoas em São Paulo e hoje morreram 281 pessoas”, disparou o jornalista em tom de revolta.

Datena continuou, desafiando Queiroga e Bolsonaro: “O ministro resolveu tudo. Ele arrumou ele mesmo 1 milhão de doses de vacina por dia, que é mentira e agora está fazendo a conta diferente para não aparecer o número de mortos que nós temos de verdade no Brasil. E se ele quiser me desmentir, pode entrar aqui. O presidente também, se quiser, pode entrar também”.

O jornalista ainda aproveitou para dar uma reposta ao governo, sobre às críticas a imprensa. “É fácil falar que a imprensa mente. Agora, mentir dentro do governo, aí é duro, não dá pra aguentar. Tem gente morrendo aos borbotões”, lamentou

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Notícias da TV

O repórter Pedro Duran da CNN Brasil foi hostilizado neste domingo(23) no Rio de Janeiro, durante o ato de manifestantes do Presidente Jair Bolsonaro....

Famosos

Júlio Marcos, que é pai de Paulo Gustavo, utilizou sua conta no Instagram para pedir orações ao filho. O comediante segue internado com Covid-19...

Famosos

A atriz Lidi Lisboa reclamou que tem sido alvo de ataques racistas nas redes sociais. A ex-peoa de “A Fazenda 12” decidiu dar um...

Famosos

Faustão recebeu nesta segunda-feira (29) a primeira dose da vacina contra a a Covid-19. O comunicador da Globo, que tem 70 anos, recebeu sua...