Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Carlos Lombardi receberá multa milionária da Record TV

Carlos Lombardi
Carlos Lombardi Record

Foto: Reprodução

A ida de Carlos Lombardi para a Record TV custou uma grana alta para a emissora do Bispo Edir Macedo. Isso porque o canal teve que pagar R$ 3,5 milhões para a Globo pela multa pela quebra de contrato do autor.

LEIA MAIS: PYONG LEE MOSTRA SUA NOVA CASA, EM SÃO PAULO

Lombardi saiu da Globo em 2012, e logo em seguida, a emissora entrou com processo contra o autor, mas foi arquivado em dezembro do ano passado. De acordo com site Notícias da TV, o canal da família Marinho exigiu o pagamento de uma multa oito meses antes do encerramento do contrato. No total, o valor da multa foi de R$ 3.451.142,60.

O valor foi arcado pela Record, por intermédio do bispo Marcelo Silva, vice-presidente artístico e de programação da emissora. Boa parte da dívida foi paga em 2015, e o restante em 2018, quanto Lombardi não estava mais na casa. Só que Lombardi fez apenas “Pecado Mortal” na emissora.

A Record tinha pago 97% da multa, estava questionando uma fração. E aí eu falei com o diretor artístico, o Marcelo Silva, e ele foi falar com o Jurídico, que pagou o resto. Ele disse: “Lombardi, uma decisão nossa [de questionar a fração] não pode prejudicar você“, esclareceu Lombardi.

Torcida por “Kubanacan”

Com uma extensa lista de produções na Globo, Lombardi produziu algumas novelas famosas da rede. “Uga Uga”, “O Quinto dos Infernos”, “Coração de Estudante”, “Quatro por Quatro”, “Vereda Tropical” e “Guerra dos Sexos” são alguns dos folhetins escritos por ele.

Uma das mais suas novelas mais pedidas pelo público é “Kubanacan”, exibida de 2003 a 2004, que foi o primeiro trabalho de destaque de Marcos Pasquim na Globo. Lombardi, no entanto, acredita que essa não será uma das novelas reprisadas pela emissora.

Tem uma questão técnica, nenhuma das minhas novelas na Globo era em HD [alta definição], e acho que esse vai ser um dos critérios na hora de escolher as reprises. Então eu fico muito feliz com o carinho do público por Kubanacan até hoje, mas acho bem difícil que a direção escolha ela, por aspectos técnicos mesmo“, afirmou.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!