Connect with us

Hi, what are you looking for?

Novelas

10 vilões que redimiram nas novelas

vilões redimidos

Será que Josiane realmente se redimiu? (Foto: Divulgação)

Nessa sexta-feira (22) chegará ao fim “A Dona do Pedaço”. Um dos momentos mais aguardados da trama de Walcyr Carrasco é o desfecho de Josiane (Agatha Moreira), grande vilã da história.

Após inúmeras maldades feitas em seis meses de novela, a personagem está começando a trilhar um caminho de redenção dentro da cadeia. Segundo rumores, haverá uma passagem de tempo, e Jo sairá do presídio antes do previsto por boa conduta. No entanto como ela terminará a trama vem sendo guardado a sete chaves, e mais de um final vem sendo gravado. Há boatos de que a megera aplicará golpes em fieis, indo embora de vez do Brasil, mas o jeito é esperarmos até lá pra saber como isso vai acabar.

Independente de sua redenção ser realmente verdadeira ou não, separamos uma lista com dez vilões que infernizaram a vida de muita gente, mas que depois se arrependeram e tiveram uma nova chance na vida. Vamos conferir alguns deles?

 

10) Valentina Marsalla (“O Sétimo Guardião”)

Foto: Divulgação

A antecessora de “A Dona do Pedaço” também contou com a redenção de um dos seus vilões. Valentina (Lilia Cabral) era uma poderosa empresária do ramo de cosméticos, que vinha enfrentando uma séria crise financeira. Para salvar seus negócios contava com o casamento de seu filho Gabriel (Bruno Gagliasso) com Laura (Yanna Lavigne), filha do poderoso Olavo (Tony Ramos). As coisas não saíram como o planejado para a megera, uma vez que o filho partiu para a cidade de Serro Azul, tornando-se o guardião mor de uma milagrosa fonte que o local tinha. Ao descobrir o poder que água dali tinha, Valentina viu uma grande oportunidade para enriquecer absurdamente, e contou com aliados para isso. A vilã foi capaz de tudo para ter acesso à fonte, inclusive romper os laços com o próprio filho. No capítulo 100 a megera então percebe tudo o que fez durante esse tempo e, ao ver que está em perigo e nas mãos de Olavo, começa um processo de redenção, e assim passando a lutar pela proteção da fonte. Com a ajuda de sua fiel amiga e escudeira Marcos Paulo (Nany People), Valentina começa a provar ao próprio filho que realmente mudou e que está ao lado dele. Com a morte de Gabriel no último capítulo, a megera abre um instituto em homenagem a ele.

 

9) Lívia (“O Outro Lado do Paraíso”)

Foto: Divulgação

Quando “O Outro Lado do Paraíso” estreou, Lívia (Grazi Massafera) era descrita como uma das grandes vilãs da trama de Walcyr Carrasco. Filha de Sophia (Marieta Severo), a jovem se apaixonou perdidamente por Renato (Rafael Cardoso), mas esse por sua vez só tinha olhos para Clara (Bianca Bin). A partir disso a personagem fez de tudo para conquistar o médico, ainda mais após a mocinha ter se casado com Gael (Sérgio Guizé). Como se não bastasse, Lívia não podia engravidar e ao descobrir que Clara estava esperando um filho de seu irmão, acabou aliando-se à sua mãe em um plano maquiavélico contra a personagem. Com a interdição da mocinha, a vilã acabou criando Tomaz (Vitor Figueiredo) como se fosse seu próprio filho. Lívia construiu um laço forte com o garoto e, com o retorno de Clara dez anos após sua internação, viu-se ameaçada com o retorno da rival, ainda mais pelo fato dela também ter conseguido se casar com Renato. No decorrer da trama foi sendo visto que a personagem não era tão malvada como imaginava, e sim uma pessoa carente de afeto. No meio disso tudo, ela acabou se apaixonando por Mariano (Juliano Cazarré), amante da própria mãe e conseguiu engravidar do rapaz, descobrindo então que não tinha se tornado estéril. Após ter passado por poucas e boas na reta final, o casal terminou juntos e Lívia acabou ganhando o perdão de Clara.

 

8) Antenor (“Paraíso Tropical”)

Foto: Divulgação

Antenor (Tony Ramos) era um poderoso empresário, dono de uma rede hoteleira no Rio de Janeiro. Após ter perdido seu único filho no passado, o rapaz tornou-se uma pessoa fria e amargurada. Ambicioso, ele tinha em Olavo (Wagner Moura) seu braço direito, e não media esforços no que fosse preciso. Apesar de seu jeito frio de ser, o personagem via em Daniel (Fábio Assunção), filho de seu caseiro, o único herdeiro de seus negócios. A vida de Antenor passa por uma grande reviravolta com a chegada de Lúcia (Glória Pires), que consegue conquistar o frio empresário. O casal passa por diversos altos e baixos no decorrer da trama, mas acabam tendo o seu final feliz juntos, e ainda com um filho.

 

7) Ellen (“Cobras & Largatos”)

Foto: Divulgação

Uma das grandes vilãs da trama de João Emanuel Carneiro, Ellen (Taís Araújo) era uma mulher ardilosa e extremamente ambiciosa. A personagem começou a trama como vendedora da refinada loja Luxus, mas seu desejo era muito além disso. Disposta a enriquecer a qualquer custo, a megera sempre esnobou Foguinho (Lázaro Ramos) por ser pobre, apesar de já ter se relacionado com o rapaz no passado. O personagem acaba tornando-se por engano herdeiro de Omar (Francisco Cuoco), dono da Luxus, por ter o mesmo nome que Duda (Daniel Oliveira). Por conta disso, Ellen decide se reaproximar de Foguinho por interesse, mas no decorrer da história descobre que ele não é o herdeiro do falecido empresário. Ao saber que o amado estava ciente desse mal entendido desde o começo, Ellen passou a chantageá-lo, e com isso tornou-se presidente da Luxus. No último capítulo Foguinho acaba morrendo junto com Leona (Carolina Dieckmann) em um cruel incêndio, o que deixa Ellen totalmente devastada. O rapaz, no entanto, acaba ressuscitando, e a partir disso, a vilã decide abrir mão de sua ambição para viver feliz para sempre ao lado do amado.

 

6) Melissa (“Além do Tempo”)

Foto: Divulgação

A trama de Elisabeth Jhin contou com duas fases, sendo a primeira no século 19, enquanto a segunda nos dias atuais. Nas duas o casal de protagonistas Lívia (Alinne Moraes) e Felipe (Rafael Cardoso) enfrentaram diversos obstáculos para ficarem juntos, e um deles (no caso dois) foi Melissa (Paolla Oliveira). Na primeira fase, o rapaz era sobrinho-neto da Condessa Vitória (Irene Ravache) e estava prestes a subir ao altar com a vilã, afilhada da poderosa senhora. No entanto ele acaba se apaixonando perdidamente pela humilde jovem Lívia, o que deixa Melissa furiosa, uma vez que um dos intuitos de seu casamento era justamente por interesse. Para separar o casal, a megera uniu-se a Pedro (Emílio Dantas), que era perdidamente apaixonado por Lívia. No final da primeira fase Melissa é morta pelo vilão, após empurrar a mocinha de um precipício. 150 anos depois, a personagem é casada com Felipe, e os dois têm uma vida modesta em Bela Rosa, no sul do país. A vida deles passa por uma reviravolta quando o rapaz conhece Lívia, uma poderosa empresária do ramo de vinhos, que chega ao local para fazer negócios com ele. O amor fala mais alto, e com isso o casamento de Felipe passa por uma crise. Até então mostrando ser uma esposa dedicada, Melissa mostrará sua verdadeira face ao ver o marido se envolvendo com Lívia. Para separar o casal, a vilã acaba se aliando a Pedro, noivo da rival, e juntos fazem de tudo para fazer a vida dos dois protagonistas um verdadeiro inferno. Após diversas maldades, a história se repete novamente e o quarteto acaba se encruzilhando no mesmo precipício onde a primeira fase da trama chegou ao fim. No entanto, dessa vez, o desfecho acaba sendo outro, uma vez que anteriormente os quatro personagens acabam morrendo. Ao ver que Felipe está em perigo, Melissa vai para cima de Pedro e durante o confronto ela acaba atirando no vilão. Após isso, a megera salva Lívia e Felipe do precipício, e decide seguir com sua própria vida a partir de então.

 

5) Wanda (“Salve Jorge”)

Foto: Divulgação

Apesar de Lívia (Claudia Raia) ser descrita como a grande vilã de “Salve Jorge”, era Wanda (Totia Meireles) a responsável por diversas maldades na trama de Glória Perez. A personagem enganava jovens moças, com a promessa de uma vida melhor para elas na Turquia, mas na verdade tudo isso não passava de um golpe para obrigá-las a se prostituírem. A traficante de mulheres conseguiu enganar moças como Jéssica (Carolina Dieckmann), Rosângela (Paloma Bernardi) e Morena (Nanda Costa), protagonista da história. Fria e cruel, Wanda não media esforços para fazer a vida de suas vítimas um verdadeiro inferno, sempre tendo o livre arbítrio de sua patroa, Lívia. Com o passar da trama, a vilã entra na mira da delegada Helô (Giovanna Antonelli), além de ter levado altas surras de Morena e Lucimar (Dira Paes), mãe da mocinha. No final da trama Wanda e Lívia acabam sendo presas por seus crimes e, na cadeia, a megera acaba mudando totalmente sua postura. Wanda acaba tornando-se evangélica, e então se arrepende de todas as maldades cometidas, tentando ser uma pessoa melhor.

 

4)  Marconi Ferraço (“Duas Caras”)

Foto: Divulgação

Quando a trama de Aguinaldo Silva estreou, o personagem adotava a identidade de Adalberto Rangel. Ambicioso, o rapaz se envolveu com Maria Paula (Marjorie Estiano), uma jovem herdeira de uma família rica. Após a mocinha ter ficado órfã, Adalberto dá um golpe nela, tomando todo o seu dinheiro e fugindo. Com o golpe, ele então passa por uma transformação radical, e então adota a identidade de Marconi Ferraço (Dalton Vigh). Dez anos se passaram, e o vilão se tornou um poderoso empresário, enquanto Maria Paula recomeçou sua vida e cuidou sozinha do filho, fruto do seu relacionamento com o golpista. Ferraço então conhece a belíssima Maria Silvia (Alinne Moraes), uma jovem herdeira de uma grande e renomada Universidade. O vilão decide dar o golpe nela também, mas tudo cai por água abaixo quando Branca (Susana Vieira), mãe de Silvia, descobre a história de Maria Paula e vai atrás dela. A protagonista o desmascara perante à sua noiva, que mostra ser pior que ele e não se importa de quase ter levado um golpe do rapaz. Ao descobrir que teve um filho com a mocinha, Ferraço começa a mudar seu jeito de ser, e assim tentando se aproximar do garoto, para o desespero da vilã. Com o passsar da trama, o personagem percebe que está apaixonado de verdade por Maria Paula, e tenta provar a todo custo que está mudando. No final da novela, Ferraço se entregou à polícia pelo golpe dado pela amada no passado, e ela por sua vez deu o troco no ex-vilão, também roubando toda sua fortuna. Apesar dessa jogada de gato e rato, os dois terminaram a trama juntos.

 

3) Renato Villar (“Roda de Fogo”)

Imagem: Divulgação

Na clássica e icônica produção, Renato Villar (Tarcísio Meira) era o grande vilão da história. Frio, ambicioso e inescrupuloso, o personagem era capaz de qualquer coisa por poder. No decorrer da trama uma reviravolta acontece, quando o vilão descobre que tem um tumor no cérebro. A partir disso, o rapaz muda totalmente seu comportamento, abandona a esposa Carolina (Renata Sorrah), para ficar com Lúcia Brandão (Bruna Lombardi). Por conta dessa mudança drástica, milhares de telespectadoes enviaram cartas à Rede Globo, para evitar a morte do rapaz. No final das contas, entretanto, o ex-vilão veio a morrer.

 

2) Félix (“Amor à Vida”)

Imagem: Divulgação

Em “Amor À Vida” Félix (Mateus Solano) começou a trama de Walcyr Carrasco como o grande vilão da história. Ambicioso e com sede de poder, o rapaz queria se apossar do hospital de seu pai, César (Antonio Fagundes). Félix era rejeitado pelo médico, que deixava nítido sua preferência pela filha Paloma (Paolla Oliveira), nutrindo então um ódio profundo por parte do personagem. A mocinha acaba engravidando de Ninho (Juliano Cazarré), e tem seu bebê em circunstâncias precárias, no banheiro de um bar. O vilão então comete a maior maldade feita por ele no folhetim, ao jogar sua própria sobrinha numa lixeira, mas que felizmente depois vem a ser encontrada por Bruno (Malvino Salvador). Os anos passam, e Félix ainda tem tamanha ambição, mas acaba sendo desmascarado perante à sua família, sendo expulso de casa pela maldade cometida no passado. É a partir desse momento que o personagem passa por uma reviravolta ao ser acolhido por Márcia (Elizabeth Savalla), ex-chacrete e que foi babá dele no passado. Contra sua vontade, Félix começa ajudar a vendedora de cachorro quente em seu negócio, o que acaba fazendo um enorme sucesso. Com sua estadia na casa dela, o vilão começa a mudar sua postura e perceber as maldades feitas no passado. No meio de sua redenção, o rapaz conhece Niko (Thiago Fragoso), e os dois então ficam então cada vez mais próximos. Comprometido em mostrar que realmente mudou, Félix faz de tudo para salvar o pai das garras de Aline (Vanessa Giácomo), que a essa altura do campeonato revelou ser realmente a grande vilã da história, ao invés dele. Félix se alia a Paloma, e juntos salvam César das garras da megera. Após isso, o ex-vilão finalmente tem o perdão de quase toda sua família, além de se aproximar da sobrinha Paulinha (Klara Castanho). O personagem teve um final feliz ao lado de seu “carneirinho”, além de finalmente ter ganhado o perdão do pai, na última e emocionante cena da novela.

 

1) Carminha (“Avenida Brasil”)

 

Foto: Divulgação

Carminha (Adriana Esteves) ficou eternizada como uma das maiores vilãs da teledramaturgia, e isso é algo incontestável. A personagem tocou o terror do começo ao fim em “Avenida Brasil”, com suas inúmeras maldades. Falsa e amoral, a megera pagava de mulher exemplar e de bons costumes, mas que estava na mira de Nina (Débora Falabella), que na verdade era ninguém menos que Rita, sua ex-enteada. Ao descobrir que sua fiel escudeira era ninguém menos que a garotinha que um dia ela abandonou no lixão de mãe Lucinda (Vera Holtz), a vilã come o pão que o diabo amassou nas mãos da cozinheira, mas logo em seguida tem sua volta por cima triunfal. As duas então passam o resto da trama numa verdadeira guerra de gato e rato, e na reta final Carminha é finalmente desmascarada perante a Tufão (Murilo Benício) e toda sua família. O que a megera não esperava era que logo após isso acabaria tendo novamente em seu caminho Santiago (Juca de Oliveira), seu pai, que era uma pessoa pior que ela. A partir desse momento, Carminha começa a mostrar sinais que sua vilania já não era mais a mesma, uma vez que ela tinha pavor do personagem. No último capítulo da trama é revelado que a personagem matou Max (Marcello Novaes), justamente com o intuito de salvar Nina das mãos do mau caráter. Ela não só assumiu o crime, como pagou por ele, ficando presa por cinco anos. Após uma passagem de tempo, Carminha saiu da prisão e passou a viver com mãe Lucinda no lixão, deixando pra trás todo o luxo e a pose que tinha quando casada com Tufão. Totalmente diferente, a megera mostrou-se totalmente redimida, e assim ganhando o perdão de Nina e principalmente de seu filho, Jorginho (Cauã Reymond).
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Exclusivas

Nessa segunda-feira (14) estreia “Segundo Sol”, nova novela das nove da Rede Globo, que terá a missão de manter os ótimos índices de “O Outro Lado do...