Connect with us

Hi, what are you looking for?

Exclusivas

10 personagens inesquecíveis de Giovanna Antonelli

Giovanna completou 42 anos e prepara retorno às novelas como protagonista de “Segundo Sol”

Nesse domingo (18), a atriz Giovanna Antonelli completou 42 anos de idade. Sendo hoje um dos principais nomes da TV brasileira, a morena está preparando seu retorno triunfal ao horário nobre. A partir de maio ela será vista em “Segundo Sol”, próxima novela das nove da Rede Globo em que viverá Luíza, a protagonista da trama de João Carneiro.

Gio começou a carreira aos 15 anos, como assistente de palco da apresentadora Angélica no programa “Clube da Criança”. Em 1994 ela fazia então sua estreia como atriz, participando da novela “Tropicaliente”. Desde então ela não parou, com diversos papéis na TV e cinema.

Alguns deles acabaram se destacando, sendo lembrados por muita gente até os dias de hoje. A nossa lista de hoje vai justamente relembrar alguns dos principais trabalhos de uma das atrizes mais queridas da TV.

 

10) Alma (Três Irmãs)

A atriz protagonizou a novela ao lado de Cláudia Abreu Carolina Dieckmann, em que interpretava a filha do meio de Virgínia (Ana Rosa). Alma era uma personagem cômica, e que passou grande parte da trama em um triângulo amoroso entre o surfista Greg (Rodrigo Hilbert) e o mau caráter Henrique (Bruno Garcia).

 

9) Clarice (Sete Pecados)

“Sete Pecados” foi a primeira novela da atriz após um intervalo de três anos, em que nesse meio tempo acabou engravidando de seu primeiro filho, fruto do casamento com o ator Murilo Benício. Na trama ela interpretou Clarice, uma doceira de mãos cheias e que era casada com o taxista Dante (Reynaldo Gianecchini). A personagem viu sua vida virar de cabeça pra baixo com a chegada de Beatriz (Priscila Fantin), que se apaixona por seu marido. No decorrer da trama, Clarice acabou sofrendo uma reviravolta com a chegada de Flávio (Paulo Betti), pai de sua grande rival, se envolvendo com o rapaz e mudando muita coisa em sua vida.

 

8) Elvira (Xica da Silva)

Produzida pela extinta Rede Manchete, “Xica da Silva” foi exibida entre 1996 e 1997, se tornando um verdadeiro sucesso, sendo reprisada anos depois no SBT. Na trama ela interpretou Elvira, uma prostituta que acabava se apaixonando por Zé Maria (Guilherme Piva), grande amigo de Xica (Taís Araújo). A personagem acaba se casando com o rapaz, e começa a fazer de tudo para engravidar, tentando forjar uma falsa gravidez e sendo então desmascarada.

 

7) Clara (Em Família)

Na última novela de Manoel Carlos, a atriz interpretou Clara, irmã caçula de Helena (Julia Lemmertz). A moça era casada com Cadu (Reynaldo Gianecchini), que no decorrer da trama descobre sofrer de uma doença cardíaca. Ela começa então a trabalhar para a fotógrafa Marina (Tainá Müller), que acaba se apaixonando pela morena. As duas começam a ficarem cada vez mais próximas, e então se relacionando. “Em Família” pode ter sido um fracasso, mas a personagem de Giovanna Antonelli com certeza foi um dos grandes destaques da trama de Maneco.

 

6) Jade (O Clone)

Após o estrondoso sucesso ao interpretar Capitu em “Laços de Família”, Giovanna foi convidada por Glória Perez em protagonizar sua próxima novela do horário nobre, “O Clone”. Na trama ela interpretou a jovem marroquina Jade, que acaba se apaixonando por Lucas (Murilo Benício). Durante toda a trama os dois enfrentaram diversos obstáculos para ficarem juntos, uma vez que ela já estava prometida para Said (Dalton Vigh), enquanto ele foi obrigado a voltar ao Brasil, contra sua vontade, para trabalhar na empresa do pai, Leônidas (Reginaldo Faria). Os anos passam e os dois acabam se reencontrando, ela ainda casada e agora mãe da pequena Khadija (Carla Diaz), enquanto ele acabou se casando com Maysa (Daniela Escobar) e pai da jovem Mel (Débora Falabella). O casal, disposto a largarem suas vidas para finalmente ficarem juntos, encontram um novo obstáculo. A filha de Lucas entra de cabeça no vício das drogas, o que impede o rapaz de ser feliz ao lado da amada. Depois de muita luta, Jade e Lucas enfim terminam juntos. A história de amor entre os personagens acabou unindo Giovanna e Murilo, que foram casados durante um bom tempo, e do relacionamento nasceu Pietro, hoje já adolescente.

 

5) Bárbara (Da Cor do Pecado)

“Da Cor do Pecado” foi a primeira novela de João Emanuel Carneiro como autor principal, trazendo Reynaldo GianecchiniTaís Araújo como protagonistas. Na trama, Giovanna interpretou Bárbara, noiva de Paco, e que não admite o fato do rapaz trocá-la pela jovem Preta. Na tentativa de separar os dois, a personagem acaba engravidando de seu amante, Kaíke (Tuca Andrada), fingindo que o filho fosse do noivo. Os anos passam, e a personagem acaba se casando com Tony (Guilherme Webber), e comendo o pão com o diabo amassou. Mesmo assim, ela ainda fez de tudo para separar novamente Paco de Preta, ao descobrir que o rapaz, que foi dado como morto durante anos, estava vivo. A personagem foi a primeira grande vilã da carreira de Giovanna.

 

4) Anita Garibaldi (A Casa das Sete Mulheres)

Na minissérie de Maria Adelaide do Amaral, a atriz interpretou a guerreira Ana Maria de Jesus Ribeiro de Aguiar. Sua personagem acaba se envolvendo com Giuseppe Garibaldi (Thiago Lacerda), tornando-se Anita Garibaldi. O personagem era então noive de Manuela (Camila Morgado). Anita protagonizou diversos embates durante a Revolução da Farroupilha. Baseado no romance literário homônimo, no livro ela é apenas citada, porém acabou ganhando um grande destaque na minissérie. E toda vez que Giovanna entrava em cena, acabava se tornando o centro das atenções.

 

3) Atena (A Regra do Jogo)

“A Regra do Jogo” marcou a volta da parceria de Giovanna Antonelli com João Emanuel Carneiro. A princípio sua personagem, Atena, seria a grande vilã da história, que faria de tudo para separar Romero Rômulo (Alexandre Nero) de Toia (Vanessa Giácomo). Trambiqueira e vigarista, ela tinha um passado misterioso, e dona de um caráter duvidoso. Apesar de algumas atitudes como vilã, no final das contas Atena se tornou uma personagem dúbia, e conquistando o público. A loira acabou se destacando mais que a mocinha da trama, e por conta de sua química com o protagonista, o público então passou a apostar na redenção da dupla de vigaristas, e que eles tivessem então tendo seu merecido final feliz. A novela não teve o sucesso esperado, mas com certeza Atena foi um dos maiores acertos na história.

 

2) Helô (Salve Jorge)

“Salve Jorge” trouxe Giovanna Antonelli de volta ao horário nobre, depois de onze anos dedicando-se às séries, minisséries e novelas das sete. Na trama de Glória Perez a atriz interpretou Helô, uma delegada federal que vivia em guerra com seu ex-marido, o advogado criminalista Stênio (Alexandre Nero). A personagem acabou conquistando o público, justamente por conta de suas cenas de gato e rato com o rapaz. Helô começou a ganhar um destaque absurdo após a protagonista Morena (Nanda Costa) ter sido traficada para a Turquia por Wanda (Totia Meireles) e Lívia (Cláudia Raia). A delegada começou a se aprofundar nas pesquisas de tráficos de pessoas, e com a ajuda de sua fiel assistente Jô (Thammy Miranda), acabou descobrindo o paradeiro da mocinha, e conseguindo derrubar a gangue liderada pela bandida Lívia. O sucesso da personagem foi tão grande, que ela acabou ofuscando a própria protagonista da trama.

 

1) Capitu (Laços de Família)

Giovanna já teve diversos papéis de destaque na TV, mas Capitu foi um dos mais marcantes, e o divisor de águas na sua carreira. Em “Laços de Família” ela interpretava a jovem que morava com os pais, um casal de aposentados, que aparentava ser uma jovem universitária. O que ninguém imaginava era que a personagem tinha uma vida dupla, e trabalhava como garota de programa. Ela era mãe solteira do pequeno Bruninho, e no passado namorou Fred (Luigi Baricelli), filho de Helena (Vera Fischer). A jovem comeu o pão que o diabo amassou nas mãos de Orlando (Henri Pagnocelli), um rico cliente que era obcecado por ela. Durante o decorrer da trama, Capitu tentou largar a prostituição ao se envolver novamente com Fred, porém ela encontrou outros obstáculos, como Clara (Regiane Alves), esposa do rapaz. Além disso, ela ainda teve que lidar com a volta do pai de seu filho, disposto a lhe arrancar dinheiro. A personagem foi um dos maiores destaques dessa inesquecível trama de Manoel Carlos, e apesar de tudo que passou, acabou tendo um final feliz ao lado de Fred.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!

Famosos

Após polêmica entre Giovanna Antonelli e Danni Suzuki, Walther Negrão resolveu se pronunciar sobre a troca de atrizes em “Sol Nascente”. Segundo o autor,...

Famosos

Neste fim de semana, a atriz Danni Suzuki abriu o jogo sobre os bastidores da novela “Sol Nascente”, e como perdeu o papel de...

Novelas

Giovanna Antonelli já tem previsão de voltar às telinhas. Longe da TV desde o fim de “Segundo Sol”, o próximo trabalho da atriz será novamente como...

Famosos

Giovanna Antonelli fez um post no Instagram que gerou um certo desconforto em seus seguidores. A atriz postou um vídeo em que um homem...