Connect with us

Hi, what are you looking for?

Exclusivas

10 personagens de novela que se destacaram mais que os protagonistas

Esses personagens fizeram um sucesso totalmente além do esperado

Quando uma novela estreia, a expectativa sempre é grande principalmente por conta de seus protagonistas. Entretanto, há aqueles casos que tais personagens que até podem fazer sucesso e outros não, mas acabam rolando de sempre aquela figura que você jamais esperava roubar a cena.

Alguns personagens acabam fazendo um sucesso tão grande, que sobressaem seus protagonistas. Tem aqueles que até podem estar no elenco principal, mas ganha uma atenção a mais como se fossem protagonistas.

 

10) Jéssica (Salve Jorge)

O principal tema da novela “Salve Jorge” era o tráfico de mulheres. Um dos primeiros casos relatados na trama foi de Jéssica (Carolina Dieckmann), que foi enviada à Turquia por Wanda (Totia Meireles), com a promessa de uma vida melhor. A personagem comeu o pão que o diabo amassou nas mãos da vilã, e ela acabou conquistando o público. Só tinham dois detalhes: a protagonista era Morena (Nanda Costa), que não agradou em nada os telespectadores, e Jéssica só apareceria nos primeiros capítulos da trama. Por conta do sucesso, a personagem foi ficando mais tempo no ar, até ser assassinada por Lívia (Claudia Raia), a grande vilã da história. Na época muitos torciam para que Jéssica ficasse na trama até o final, mas Carolina teve que sair devido a outros compromissos profissionais marcados antes de acertar sua participação na novela de Glória Perez.

 

9) Laura (Por Amor)

“Por Amor” foi um verdadeiro fenômeno do horário nobre, escrito por Manoel Carlos, a trama era protagonizada por ReginaGabriela Duarte, as vilãs também tiveram destaques, uma delas a inesquecível Laura (Vivianne Pasmanter). A jovem era ex-namorada de Marcelo (Fábio Assunção), e não se conformava dele ter se casado com sua rival, Eduarda (Gabriela Duarte). As duas viviam em uma constante guerra entre gato e rato, já que a vilã fazia de tudo para separar o casal. Debochada e sem papas na língua, Laura acabou conquistando o público, cujo alguns telespectadores chegaram a torcer para que ela terminasse ao lado de Marcelo.

 

8) Clara (Passione)

A novela de Silvio de Abreu penou muito para conquistar o público em seus primeiros capítulos. Um dos motivos foi o trio de protagonistas, interpretados por Rodrigo LombardiCarolina DieckmannMarcello Antony, que não convenceram. Entretanto o jogo começou a virar quando alguns personagens começaram a ganhar evidência, sendo uma delas Clara (Mariana Ximenes). A grande vilã da história também demorou para conquistar os telespectadores, mas depois que começou a mostrar-se redimida, ela conseguiu atrair o público. A personagem roubava a cena sempre que aparecia, e depois que a verdade é revelada e que sua redenção não passava de uma farsa, todo mundo foi à loucura.

 

7) Maria Ísis (Império)

Protagonizada por Alexandre Nero Leandra Leal, que viviam pai e filha na história, “Império” conquistou a audiência com diversos núcleos. Quem acabou roubando a cena foi Marina Ruy Barbosa, que interpretou Maria Ísis. A personagem era amante de José Alfredo, vivido por Nero, e aos poucos foi ganhando cada vez mais destaque na trama, chegando a certos pontos a ser mais que Cristina, filha do Comendador.

 

6) Helô (Salve Jorge)

Não foi só Carolina Dieckmann que roubou a cena em “Salve Jorge”. Com a saída de Jéssica na trama era esperado que Morena enfim tivesse seu merecido lugar ao sol, mas não foi exatamente o que aconteceu. A cada capítulo que passava, Helô (Giovanna Antonelli) passou a roubar a cena. A delegada começou a investigar o tráfico de mulheres, em que a protagonista acabou se tornando uma das vítimas de Lívia (Claudia Raia). Com as descobertas no caso, além de seu relacionamento entre tapas e beijos com o ex-marido Stênio (Alexandre Nero), Helô deu um show na novela, e toda vez que a personagem aparecia a audiência disparava.

 

5) Bebel (Paraíso Tropical)

Após o estrondoso sucesso de “Celebridade”, a trama seguinte de Gilberto Braga foi muito aguardada na Rede Globo. “Paraíso Tropical” não repetiu o feito, tanto que no começo amargurou baixos índices de audiência. O casal central, vividos por Fábio AssunçãoAlessandra Negrini, não conquistou o público. Gilberto até tentou destacar Thais, irmã gêmea malvada da mocinha, mas ainda assim faltava algo. O autor então começou a ver que um casal começou a chamar mais atenção, que era Olavo (Wagner Moura), grande vilão da história e a garota de programa Bebel (Camila Pitanga). A personagem era uma verdadeira trambiqueira, além de aliada do mau caráter em algumas de suas maldades. Com seu jeito exótico e espalhafatoso, Bebel conquistou o público com seu jeito todo errado de falar, seus inúmeros bordões, e um jeito nada fácil de ser. Com o sucesso de Bebel, Camila se tornou a queridinha do autor.

 

4) Foguinho (Cobras & Lagartos)

Em 2006 João Emanuel Carneiro lançava sua segunda novela como autor titular, repetindo o mesmo sucesso de “A Cor do Pecado”. “Cobras & Lagartos” foi um fenômeno, e alguns personagens acabaram se destacando mais que o casal de protagonistas, vividos por Mariana Ximenes Daniel de Oliveira. O principal caso foi de Foguinho (Lázaro Ramos), amigo de Duda (Daniel de Oliveira). Apesar de ser um verdadeiro trambiqueiro e ter feito coisas erradas na história, o personagem tinha um bom coração. Apaixonado pela vilã Ellen (Taís Araújo), Foguinho roubava a cena toda vez que aparecia, e acabou sendo responsável ainda mais pela ascensão da carreira de Lázaro na TV.

 

3) Luciana (Viver a Vida)

Quando “Viver a Vida” estreou a expectativa em cima da novela de Manoel Carlos era grande, por conta de Helena. A protagonista foi interpretada por Taís Araújo, porém quando a trama estreou o público se decepcionou um pouco com a modelo. A personagem acabou se casando com Marcos (José Mayer), e acabou tendo como obstáculos Teresa (Lília Cabral), ex-esposa dele, e Luciana (Alinne Moraes), sua filha mais velha. Assim como Helena, a jovem também era uma modelo em ascensão, e numa viagem para um trabalho internacional, em que a protagonista estava junto, ela acabou sofrendo um acidente e ficando tetraplégica. A situação comoveu o país, que acompanhou toda a saga de Luciana em se adaptar com a nova realidade. Além disso, sua aproximação com Miguel (Mateus Solano), irmão gêmeo de seu namorado Jorge, fez com que o público torcesse para o casal ficar juntos, e os dois acabaram tendo seu merecido final feliz.

 

2) Félix (Amor à Vida)

Em “Amor à Vida” a protagonista Paloma (Paolla Oliveira) sofreu uma rejeição muito grande por parte do público. A saga da médica em busca de sua filha, que foi tirada de seus braços ao nascer, não cativou da forma esperada. Entretanto seu irmão Félix (Mateus Solano), que era o grande vilão da trama, acabou se sobressaindo. Mesmo com sua grande maldade no início da trama, colocando sua sobrinha recém nascida em um lixo, o personagem foi ganhando destaque na trama. O sucesso de Félix começou a explodir quando ele foi desmascarado, e então expulso de casa. Nesse momento ele passa a morar com Márcia (Elizabeth Savalla) e sua filha Valdirene (Tatá Werneck), cujo acontecimento marca o início de sua redenção. De vilão a mocinho, Félix deixou a irmã comendo poeira durante toda a novela.

 

1) Maria (Êta Mundo Bom)

“Êta Mundo Bom” foi o último grande sucesso de Walcyr Carrasco na faixa das seis. Protagonizado por Sérgio Guizé, a saga de Candinho em busca de sua família conquistou o público. O ingênuo caipira era apaixonado por Filomena (Débora Nascimento), porém a mocinha não agradou tanto assim. A personagem acabou sendo ofuscada por outros, como a vilã Sandra (Flávia Alessandra). As coisas começaram a piorar pro lado da protagonista quando Maria (Bianca Bin) começou a ganhar destaque na história. A moça vinha de uma família tradicional, e estava noiva, quando o amado acaba morrendo em um acidente. Com isso, ela descobre que está grávida, e então é expulsa de casa por seu pai. Sem ter para onde ir, Maria acaba indo trabalhar de empregada na casa de Anastácia (Eliane Giardini), e uma grande amizade entre as duas começa a surgir. Aos poucos ela foi crescendo na trama, e sendo responsável por desmascarar Sandra, por exemplo. Sua ascensão foi tão impressionante, que Walcyr não pensou duas vezes em reservar Bianca para sua novela seguinte, e agora ela continua dando o show como Clara em “O Outro Lado do Paraíso”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!