Connect with us

Hi, what are you looking for?

Exclusivas

10 filhos com vergonha de suas mães nas novelas

novelas

Em “Fina Estampa”, Antenor tem vergonha de Griselda no início da trama (Foto: Divulgação)

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as gravações de todas as novelas da Globo, SBT RecordTV tiveram que ser interrompidas. Até que tudo possa se normalizar, as emissoras recorrerão às reprises.

Na Globo, por exemplo, uma delas é “Fina Estampa”, que está sendo reexibida no horário das nove. A trama de Aguinaldo Silva, que foi um fenômeno em sua exibição original, já superou a inédita “Amor de Mãe” no equivalente ao mesmo período.

Um das histórias com grande destaque na saga da humilde Griselda (Lilia Cabral) está a vergonha que um de seus filhos tem por ela. Antenor (Caio Castro) não concorda com a profissão da mãe, assim como sua forma de vestir e se portar.

Com vergonha da protagonista, o estudante de medicina foi capaz de contratar uma atriz para se passar por sua mãe, e impressionar a família de sua namorada.

Hoje nossa lista vai relembrar algumas novelas que também tinham personagens com vergonha de suas respectivas mães. Vamos relembrar?

10) Mercedes (“Lua Cheia de Amor”)

Exibida em 1990, a trama contava a história de Genu (Marília Pêra), uma batalhadora mulher que cuida sozinha dos filhos. Após ter sido abandonada pelo marido, a personagem acabou tendo que trabalhar como camelô. No entanto Rodrigo (Roberto Bataglin) e Mercedes (Isabela Garcia) não concordavam com o trabalho da mãe. A jovem, entretanto, possui total desprezo pela protagonista. Mercedes é ambiciosa e interesseira, e só pensa em se dar bem na vida.

 

9) Rosália (“Dona Xepa”)

Em 2013 a RecordTV fez o remake de “Dona Xepa”, trama de Gilberto Braga exibida em 1977 na Rede Globo. Na nova versão Thaís Fersoza deu vida à Rosália, filha de Xepa (Ângela Leal). A advogada tem vergonha em ser filha de feirante, e é capaz de tudo para se infiltrar na alta sociedade. O outro filho da protagonista, Édison (Arthur Aguiar) também tinha certa vergonha da mãe, entretanto a amava apesar de tudo e não fazia nada para prejudicar as outras pessoas, diferente de sua irmã.

 

8) Alice (“Morde & Assopra”)

Alice (Marina Ruy Barbosa) era filha de Isaías (Ary Fontoura) e Minerva (Elizabeth Savalla) e tinha pavor de pobre. A patricinha chamava de vira lata pessoas menos favorecidas, mas nem imaginava que o noivo Guilherme (Klebber Toledo) fosse um deles. Após descobrir a verdade no dia do casamento, a jovem acaba sabendo que foi adotada pelo prefeito da cidade de Preciosa. Ela fica horrorizada ao saber que na verdade é filha da humilde Lílian (Narjara Turetta), sua empregada, e não aceita isso de imediato. Contudo ela continua humilhando a própria, como sempre fez, mas na reta final se redime.

 

7) Ícaro (“Segundo Sol”)

Em “Segundo Sol” Luzia (Giovanna Antonelli) teve sua vida virada de cabeça pra baixo ao conhecer Miguel/Beto Falcão (Emilio Dantas). Entretanto a mocinha é obrigada a fugir do Brasil, após um golpe arquitetado pelas malvadas Karlota (Deborah Secco) e Laureta (Adriana Esteves). A marisqueira deixou os filhos Ícaro e Manu com a irmã Cacau (Fabíula Nascimento), que cuidou apenas do rapaz. Vinte anos depois, Ícaro (Chay Suede) tornou-se um jovem rebelde, que nutre ódio e vergonha da própria mãe, acreditando que ela seja uma assassina. Ao descobrir que Luzia voltou ao Brasil ele lutou praticamente a trama toda para acreditar que ela fosse inocente, e o perdão só veio acontecer definitivamente na reta final.

 

6) Natália (“O Profeta”)

Natália (Vitória Pina) era filha de Dedé (Zezeh Barbosa), cozinheira de Sônia (Paolla Oliveira) e Pirajibe (Luís Gutavo). De pele branca, a garota tinha vergonha da própria mãe por ela ser negra. Por conta disso, a personagem dizia para as amigas da escola que era neta do patrão de sua mãe, ao invés de revelar ser filha da empregada.

 

5) Sueli (“Alto Astral”)

Amante de Marcos (Thiago Lacerda), Sueli (Débora Nascimento) também era amante do vilão. Entretanto a personagem escondia a origem humilde, além de ter vergonha da própria mãe. Contudo, Aurélia (Ana Carbatti) nunca saiu do lado da filha, tendo sido capaz de criar o próprio neto como se fosse seu filho. Isso porque o pequeno Azeitona (JP Rufino) era na verdade filho da dúbia personagem. No final Sueli assumiu a maternidade do garoto, e se redimiu de todo o mal que fez com a própria mãe.

 

4) Jerônimo (“Verão 90”)

Quando criança Jerônimo fez sucesso ao lado do irmão João e Manuzita no grupo Patotinha Mágica, mas que após algumas divergências chegou ao fim. Os anos se passaram, e Jerônimo (Jesuíta Barbosa) é um rapaz amargurado e ambicioso. Com o intuito de se dar bem, o rapaz retorna ao Rio de Janeiro como Rojê Guerreiro. O rapaz mentiu ser de família rica, quando na verdade era filho da humilde Janaína (Dira Paes). Durante boa parte da trama ele a ignorou, mesmo após ter sido desmascarado sobre sua identidade. Com o passar dos anos, Jerônimo tornou-se executivo da Pop TV, mas ainda assim renegando a cozinheira.

 

3) Josiane (“A Dona do Pedaço”)

Maria da Paz (Juliana Paes) foi obrigada a fugir para São Paulo, após ser jurada de morte pela família de seu noivo Amadeu (Marcos Palmeira). Sem ter como viver, a mocinha começou a vender bolos, como forma de sustentar ela e sua filha Josiane. Com o passar dos anos, Maria virou uma poderosa empresária, enquanto Jô (Agatha Moreira) sonha em ser uma famosa digital influencer. Apesar de precisar do dinheiro da mãe para atingir seus objetivos, a vilã sempre teve vergonha dela. A jovem nunca aceitou o jeito espalhafatoso de ser de Maria, além de se envergonhar em ser filha de uma boleira. Com o passar do tempo a vergonha tornou-se ódio, e a mau caráter foi capaz de ir até às últimas consequências para conseguir o que quer.

 

2) Guilherme (“Morde & Assopra”)

Guilherme (Klebber Toledo) era filho de Dulce (Cássia Kis), uma humilde vendedora de cocada. Entretanto, o rapaz tinha vergonha de sua origem. O personagem torrou todo o dinheiro da mãe para ter uma vida de luxo, enquanto ela por sua vez achava que o mau caráter estudava medicina na capital. Após ter gastado tudo, Guilherme retorna à Preciosa e se encanta por Alice (Marina Ruy Barbosa). Para conquistar a patricinha, o rapaz finge ser de família rica, enquanto para mãe finge ter se formado. Ele faz de tudo para que Dulce não o trate como filho perante aos outros, com finalidade de dar o golpe do baú na ruiva. Tudo vai por água abaixo, após ser desmascarado por Júlia (Adriana Esteves) no dia de seu casamento. Após isso, Dulce se envergonha das atitudes do filho, e posteriormente Guilherme vê sua mãe morrendo em decorrência de um câncer. Guilherme acaba se arrependendo – tarde demais – de toda a maldade feita contra ela.

 

1) Maria de Fátima (“Vale Tudo”)

Com certeza a personagem foi a pioneira para o desenvolvimento de praticamente todos os citados da lista. Maria de Fátima (Glória Pires) era uma jovem ambiciosa, que sonhava em se dar bem a todo custo. Para conseguir o que quer, a vilã foi capaz de vender a casa do avô, além de deixar a própria mãe para trás. Maria de Fátima pegou todo o dinheiro da venda para ela, seguindo rumo ao Rio de Janeiro. Entretanto, a mau caráter jamais imaginou que sua mãe Raquel (Regina Duarte) fosse atrás dela. Para recomeçar a vida, a protagonista chegou à capital carioca vendendo lanches naturais na praia. Contudo, ao descobrir o que a mãe vinha fazendo, a vilã fez de tudo para que as pessoas não soubessem que fosse filha de Raquel. Após a mãe enriquecer, Maria de Fátima ainda foi capaz de tudo para tirar vantagem da situação.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja agora!